Discalculia – O que é?

Arquivado em Discalculia | 5

 

A Discalculia (ver aqui mais informações) é uma Perturbação da Aprendizagem Específica na área da Matemática caracterizada por uma significativa dificuldade nas competências aritméticas, apesar de um adequado funcionamento intelectual, estabilidade emocional e práticas pedagógicas consistentes. Segundo o DSM-5 caracteriza-se por uma significativa dificuldade no conceito do número, na memorização de factos aritméticos, na fluência e precisão do cálculo, e na precisão do raciocínio matemático.

 

De acordo com a British Dyslexia Association a Discalculia afecta aproximadamente 3% a 6% da população e pode ser definida como:

“A condition that affects the ability to acquire arithmetical skills. Dyscalculic learners may have difficulty understanding simple number concepts, lack an intuitive grasp of numbers, and have problems learning number facts and procedures. Even if they produce a correct answer or use a correct method, they may do so mechanically and without confidence.”

 

Em Portugal ainda não são conhecidos estudos sobre a prevalência desta perturbação, mas acredita-se que possa estar subestimada. É uma perturbação ainda pouco conhecida por parte dos clínicos, professores e pais; existem poucos instrumentos clínicos validados para a nossa população que sejam medidas fiáveis de diagnóstico; existem ainda várias questões pedagógicas no ensino da matemática e um certo desinvestimento dos alunos por esta área curricular. Estas situações podem-se traduzir em vários falsos-negativos, isto é, crianças com Discalculia que não são correctamente diagnosticadas, atribuindo-se (erradamente!) as suas dificuldades na aprendizagem da matemática a variáveis pedagógicas, motivacionais ou outras.

 

No video seguinte, o Dr. Horowitz do National Center for Learning Disabilities, explica detalhadamente os diversos conceitos e sintomas associados a esta perturbação:

 

 

5 Responses

  1. Rute Almeida
    | Responder

    Informação importante e desconhecida por uma grande parte dos professores de Matemática (pelo menos é o meu caso). Vou procurar “olhar” para os alunos com dificuldades na matemática de uma outra forma e se identificar estas alterações procurarei enviar para avaliação especializada.

    Acabei de partilhar no facebook esta informação.
    Obrigada!!!

  2. Cristina Rodrigues
    | Responder

    Foi diagnosticada discalculia ao meu filho de 12 anos, graças à intervenção da pediatra, que o encaminhou para profissionais competentes… isto porque antes de lhe ser feito o diagnóstico era apenas “preguiça”. E mesmo assim,foram necessários 5 anos para que finalmente chegassem a alguma conclusão. Neste momento tem apoio do ensino especial mas ainda tem imensas dificuldades, não só em matemática como geografia, história e tudo o que envolva números. Infelizmente a opinião geral é de que só pode ser avaliado em relação à matemática… isto estará correto?…

    • Octávio Moura
      | Responder

      Agradeço o comentário. Respondi a este comentário por email.

  3. Neuza
    | Responder

    Estou entrando em contato com este material somente agora. São informações claras, precisas e objetivas. O bom é que se consegue compreender o que está escrito.
    É um material interessante , principalmente para professores pois permite observar mais atentamente seus alunos e utilizar palavras mais adequadas ao descrever o que está acontecendo com o aluno e realizar intervenções mais pontuais e principalmente respeito.
    Compartilhei no facebook.
    Agradeço

  4. Sílvia Cardoso
    | Responder

    Eu tenho 40 anos e sempre tive este problema mas não sabia que tinha este nome. Tenho um grande bloqueio no raciocínio lógico (parece que quanto mais lógico é para os outros mais difícil é para mim perceber). Não consigo fazer trocos ($) sem recorrer a uma calculadora. Nunca passei a matemática na escola. Isto sempre me criou uma grande ansiedade, frustração e tristeza e problemas no trabalho prq para tudo é preciso matemática. Como se não bastasse recentemente arranjei emprego e é no departamento de contabilidade. Tenho que fazer conferencia de facturas e isso torna-se numa tarefa mt difícil para mim. Tenho conseguido mas apenas prq tenho tido ajuda duma colega. O que hei-de fazer para desbloquear isto? é possível tratar? obrigada.

Comentários